Fusão lombar
15/07/2019
X-LIF
15/07/2019

O ALIF é um método de fusão das vértebras realizado pela parte anterior do corpo. A maioria das cirurgias da coluna lombar é realizada com acesso pela parte posterior da mesma, por isso o ALIF é tão diferente. Ele tornou-se popular nos últimos anos graças a novas técnicas e materiais cirúrgicos que deixaram o procedimento mais seguro para o paciente.

Quando é indicado?

O ALIF é indicado para cirurgias nas quais é necessário retirar os discos intervertebrais e fundir as vértebras pela frente da região lombar. É bastante utilizado em casos de hérnias recidivadas, que já passaram por procedimento cirúrgico e retornaram. Uma de suas grandes vantagens é a de não passar próximo dos nervos, tornando o risco de danos quase nulo.

A técnica também pode ser utilizada em casos de deformidades lombo-sacrais que precisam aumentar a altura lombar, hiperlordose lombar, espondilolistese e discopatia degenerativa com achatamento de mais de 50%.

Existem riscos?

As lesões de vísceras são bastante raras em cirurgias ALIF, mas é possível que ocorram lesões vasculares. Para que as chances de complicações sejam menores, é importante que o cirurgião seja experiente no procedimento.

Como acontece

O procedimento acontece através de uma pequena incisão logo abaixo do umbigo. Para expor os discos, o cirurgião afasta os vasos inguinais, depois retira os discos e insere cages, gaiolas feitas especificamente para esse tipo de procedimento. Dentro dessas estruturas é inserido osso do próprio paciente para corrigir a deformidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *